CNPJ: 20.821.258/0001-66 - Jardel Promoção de Vendas Ltda - ME

Jardel Consórcios é investimento certo

O momento da situação econômica no Brasil ainda não é fácil para quem pretende comprar um carro ou uma casa. Os juros estão altos e conseguir crédito está mais complicado. Os consórcios têm sido uma opção para quem não tem pressa. Recentemente a Caixa Econômica Federal aumentou os juros para financiamentos de imóveis. Muitos bancos seguiram esse reajuste, tanto para carros como para imóveis, já que a Caixa é o principal financiador de imóveis no país. A elevação também assustou o vendedor Adriano Desidério Marques. Em vez de entrar num financiamento, ele fez um consórcio. “Hoje para você financiar um imóvel ou um carro, num banco aí, eu tentei e a diferença é muito grande hoje você vai pagar dois, quase três imóveis pegando emprestado”, diz o vendedor. O crescimento de participantes foi comprovado pela Abac, que é a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios. Os consórcios de veículos leves é um exemplo dessa procura. De acordo com a Abac, o número de participantes de consórcio do setor de veículos leves cresceu 8,7% nos últimos 17 meses, de janeiro de 2015 a maio de 2016. E não importa o valor do veículo. O consórcio tem sido uma ferramenta importante para manter as vendas em um bom número. Nos consórcios, o contemplado continua pagando as prestações até o final do contrato. A não ser que ele resolva abater todo o débito de uma vez. Para quem não tem pressa, essa também é uma maneira de poupar dinheiro. O consórcio é uma forma de fazer uma poupança. Para pessoas que são indisciplinadas em poupar, quando você faz um consórcio como não tem a incidência de juros, você vai estar fazendo na verdade uma poupança. Todo mês vai ter uma assembleia, nessa assembleia são feitos sorteios e se você for contemplado você retira a carta de crédito total. Além de imóveis, muita gente também contrata esse serviço para comprar ou trocar de carro. Fonte: TV TEM