CNPJ: 20.821.258/0001-66 - Jardel Promoção de Vendas Ltda - ME

COMO FUNCIONA O CONSÓRCIO



1- Produtos que podem ser comprados via consórcio

O consórcio tem por objetivo a compra de bens duráveis ou de serviços. Entre as modalidades, destacam-se os consórcios para a aquisição de imóveis, carros, motos e caminhões.

2- Consórcio

É um grupo de pessoas (físicas ou jurídicas) que buscam adquirir o mesmo bem. Para isso, elas formam um grupo e depositam mensalmente o valor referente à parcela do consórcio em um fundo comum.

3- Administradora

A Administradora é a empresa que oferece o serviço de consórcios e é responsável pelo gerenciamento dos grupos.

4- Carta de Crédito

A carta de crédito corresponde ao valor do consórcio adquirido. Com essa carta, o cotista pode adquirir o bem em qualquer lugar do território nacional com o poder de compra à vista, o que permite uma melhor negociação com o vendedor na hora da compra.

5- Cota

A cota é o número de identificação do cliente dentro de seu grupo e com o qual ele concorre na apuração da contemplação, nas assembleias mensais.

Banco Central

A Administradora é regulamentada e fiscalizada pelo Banco Central, o que garante a segurança no negócio.

7- Planejamento na Compra

No consórcio, não há um prazo estabelecido para o cliente obter a carta de crédito, é necessário que seja contemplado. Tanto o planejamento do consorciado, quando a sorte, influenciam na contemplação.

8- Assembleia

Na assembleia mensal são apurados os nomes dos cotistas sorteados para a contemplação. É nessa ocasião em que o cliente pode efetuar o lance.

9- Lance

O cotista pode ofertar um lance para antecipar a contemplação. Um carro usado pode servir de lance para os segmentos de automóveis e caminhões. No caso de imóveis, há situações em que o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado.

9- De Comprador para Vendedor

Se o participante optar por não seguir mais no consórcio, ainda pode renegociar ou vender a carta de crédito.

10- Se demorar para ser Sorteado

Na pior das hipóteses, se o consorciado não realizar lance e for o último sorteado, terá acumulado capital semelhante ao de uma poupança. No entanto, a obrigação do pagamento das parcelas cria uma poupança forçada, o que evita débitos ocasionais.

11-Parcelas

As parcelas do consórcio são isentas de juros, existe apenas a taxa administrativa, que é bem inferior, mas varia de acordo com cada administradora.

AGORA QUE VOCÊ JÁ SABE COMO O CONSÓRCIO FUNCIONA, ESTÁ NA HORA DE DESCOBRIR QUAL É A PARCELA QUE SE ENCAIXA NO SEU ORÇAMENTO


Dúvidas frequentes

Entenda melhor o consórcio

Grupo é uma sociedade de fato constituída por consorciados reunidos pela administradora para os fins estabelecidos pelo consórcio, qual seja, o da aquisição de bens móveis ou imóveis, por meio de autofinanciamento, com prazo de duração previamente estabelecido, cujo encerramento ocorrerá quando plenamente forem atendidos os seus objetivos.

Cota é o número de identificação de cada consorciado participante no Grupo.

É a remuneração da Administradora pela formação, organização e administração do grupo de consórcio. A taxa é expressa no Contrato de Adesão.
É possível a aquisição de praticamente qualquer bem, seja ele de fabricação nacional ou estrangeira, pois a HS Consórcios disponibiliza cartas de créditos dos mais variados valores para a aquisição de Automóveis, Motocicletas, Imóveis e Caminhões.
O Fundo de Reserva é a garantia da saúde financeira do Grupo. É um percentual pago na parcela e que irá servir para cobertura de eventual insuficiência de receita às assembleias de contemplação; para uma reserva financeira caso ocorra um nível de inadimplência no Grupo; para cobertura da devolução aos desistentes; para pagamento de débito do consorciado inadimplente, após esgotados todos os meios de cobrança. Cabe ressaltar também que a existência de eventual saldo do Fundo de Reserva, ao término das operações do Grupo é dividido entre todos os participantes, na proporção de sua contribuição.
Lance é um valor ofertado pelo cliente com o intuito de antecipar a sua contemplação. Todos os consorciados em dia com a parcela mensal podem efetuar lances, de acordo com as características do grupo ao qual participam. Os lances estão divididos nas modalidades Livre, Limitado, Retido, Fixo e Fidelidade.
O uso do Fundo de Garantia Social (FGTS) é permitido para o consórcio de imóveis residenciais. Pode ser utilizado como lance ou para amortizar os valores das parcelas, mas precisa estar de acordo com as regras estabelecidas pelo Conselho Curador da Caixa Econômica Federal.
Sim. No consórcio de carros e caminhões, de acordo com as regras da administradora, há a possibilidade de utilizar seu carro usado como lance.